sexta-feira, 3 de abril de 2009

Religiosidade X Jesus


Oi Galera,

Queria refletir com vocês a respeito de como a religião nos rouba a oportunidade de conhecer Jesus Cristo. De como a religião provoca distorções na vida das pessoas impedindo, muitas vezes, que essa pessoa possa vir a ter na vida um encontro com o Criador e uma caminhada com Ele.

Vejo isso como uma grande injustiça humana e Jesus fala a respeito dessa justiça em Mateus 5:20. Jesus fala para o povo sobre seu posicionamento. Sobre o seu desejo de não acabar com a Lei, mas de lhe dar um sentido completo e ai lá no versículo mencionado acima Ele diz:
“Pois eu lhes digo que se a justiça de vocês não for muito superior à dos fariseus e mestres da lei, de modo nenhum entrarão no Reino dos céus”.

A religião é assim, ela acaba com toda a possibilidade de viver uma caminhada pessoal com o Criador. Jesus vem exatamente denunciar a religiosidade e nos dizer qual o posicionamento, qual o caminho para se viver esse relacionamento com o Criador.

A Religião diz assim pra gente: “Se eu obedecer, Deus vai me amar”; “Se parar de beber, usar drogas, me prostituir, Deus vai me amar”
Se eu parar com tudo isso e começar a fazer ESSAS coisas que a religião me pede, Deus vai me amar!

Meu brother, Deus amou você na vida, na morte e no Sepultamento de Jesus!

Deus mostra Seu amor ainda quando éramos pecadores. Cristo morreu por nós (Rm. 5:8).

Jesus diz assim nos Evangelhos: Deus ama você e porque Deus ama você, você pode amá-lo e obedecê-lo. Porque Ele vai mudar seu coração, sua mente, seu estilo de vida. (Rm. 2: 4 e 5)

Deus olha nos seus olhos e diz: Eu te amo! Então me ame e me obedeça. Eu sou seu Pai e minhas ordens são boas.

Isso é totalmente diferente de religião galera!

A religião diz que tem dois tipos de gente: gente boa e gente má.

Quer reconhecer as boas? São iguais a mim, diz o religioso. E as más não são como eu – completa.

Jesus nos ensina: Há dois tipos de pessoas: as arrependidas e as não arrependidas. Todas as duas são más pois “todos pecaram e perderam a Glória de Deus”.

Deus não olha e vê gente boa e gente má. Ele olha e vê gente má e Jesus.

O religioso não entende isso, eles se afastam das pessoas e dizem: Esses são gente ruim.
Interessante é que foram os religiosos que mataram Jesus...

Jesus vai junto dos pecadores, prostitutas, ladrões e diz: Vocês são pecadores! Eles reconhecem e pedem ajuda e a ajuda Dele é: venham jantar comigo! Venham pra perto de mim.
Interessante é que pro judeu ir a casa e jantar é sinônimo de intimidade. Um judeu quando convida alguém pra jantar é porque está dizendo que quer a pessoa fazendo parte da sua intimidade. Venha pra perto de mim!

Os religiosos atacam Jesus porque Ele quebrou as regras e decidem então que vão matá-lo. Isso é religião, se você não se adéqua, você é exterminado.

Para os religiosos importa onde você nasceu. Se num lar cristão, se fez escola bíblica, se você sabe de cor e salteado o hinário e se canta igual a um rouxinol.

Para Jesus o que importa é o dia em que você nasceu de novo. O seu novo nascimento. O dia onde Deus virou o seu Pai e a Igreja a sua nova família. Esse é o dia da sua vida que tem mais valor pra Jesus.

Religião se baseia no eu fiz ou eu não fiz e isso quebra com as vidas envolvidas.

Jesus tem me desafiado a ser humilde, a buscar sensibilidade para ouvir o direcionamento de Deus, a ser misericordioso com as pessoas que fazem parte da minha vida, do meu contexto. Busco ser, a cada dia, um seguidor dos passos do Nazareno pois creio que esse é o verdadeiro caminho que o Criador deseja que sigamos.

Boas Ondas

Um comentário:

gesi disse...

Muito bom seu estudo irmao... fico muito feliz em saber que essa luz ja chegou no seu coração... esse sua meditação vai me ajudar em um trabalho aqui...rsrs...
Muito obrigada!
continue sendo luz..
Forte abraço...

Se liga nas notícias