sábado, 5 de junho de 2010

O verdadeiro sentido


Fala galera,

Sabe quando a gente está no mar já há algumas horas e temos vontade de sair? Quando nosso corpo está todo moído de tanto surfar e de tanto sol.? Desejamos sair, mas, algo não nos deixa sair, algo nos faz ficar mais um pouco. Esse desejo faz com que a gente fique mais alguns minutos e parece que esse momento é onde conseguimos evoluir algo no nosso surf.

Esse momento onde o cansaço nos bate, esse momento, onde a fadiga chega e o desânimo também. É nesse momento que como diria um amigo meu “separamos os homens dos meninos.” Rsrsr

É no momento de desgaste pela rotina, pelo cansaço físico que estamos preparados para evoluir no nosso surf.

Provavelmente você já passou essa experiência no seu surf. O desejo de sair do mar, mas, ao mesmo tempo o desejo de esperar a última onda. E nessa última série, última onda acontece muita coisa massa, acontece algo novo no nosso surf.

Queria convidar você hoje a refletir um pouco sobre sua vida e sobre a sua rotina. Talvez você hoje mesmo esteja cansado da sua vida, da sua rotina e eu gostaria de lhe convidar e ficar mais um pouquinho dentro do mar e esperar mais uma série antes de desistir.

Iniciamos nossos projetos, iniciamos nossos sonhos, começamos a construir nossos objetivos na vida e parece que chega um momento que desanimamos. Parece que chega um momento que tudo que estamos fazendo perde o sentido.

Aquele trabalho maravilhoso que desejávamos perde o encanto. Aquela prancha massa parece que é só mais uma. O nosso carro parece que nem está mais ali.

Somos massacrados pela rotina, somos massacrados pela necessidade que construir nossos sonhos, nossa vida.

Tudo parece ser perfeito, tudo parece ser maravilhoso até que caímos na rotina. Tudo, bens que adquirimos, relacionamentos, o trampo dos sonhos ou até aquelas férias que passam do tempo e viram um marasmo.

Talvez você tenha pensado sobre isso hoje de manhã no seu surf bem cedinho ou talvez enquanto ia pro seu trabalho no carro ou no ônibus. Talvez hoje mesmo você estava pensando sobre essa rotina louca que tem vivido.

Não se preocupe, todos os seres humanos passam por dias assim. Dias em que parece que nada faz sentido, que a rotina nos atropela como uma onda que se levanta lá no outside e nos pega de surpresa.

Temos essa tendência porque colocamos nosso coração em um lugar onde ele não deveria estar. Quando conquistamos nosso emprego, nos agarramos a ele como se fôssemos donos dele, quando adquirimos algum bem, escondemos ele como se ele fosse mérito nosso, quando amamos alguém, muitas vezes, sufocamos o outro porque somos ciumentos e queremos a pessoa somente para nós.

Vamos viver assim, frustrados e sempre buscando algo novo porque estamos colocando nosso coração no lugar que não é o seu lugar.

Vamos viver dessa forma até que possamos perceber que se buscarmos algo maior, algo que nos completa e dá sentido, é só assim que todas as outras coisas encontrarão sentido na nossa vida.

Jesus mostrava as diferenças que havia na sua vida, seu estilo de vida, no seu Reino, ao reino que existia em sua época, ao estilo de vida das pessoas que não se relacionavam com o Criador das Ondas viviam.
Ele falou muitas coisas pras pessoas de sua época. Buscava mostrar a elas esse caminho, essa verdade esse reino. Falava para elas através de parábolas para que guardassem no coração de uma forma mais profunda.

Certa vez ele contou essa parábola: “O Reino dos céus é também como um comerciante que anda procurando pérolas finas. Quando encontra uma pérola que é mesmo de grande valor, ele vai, vende tudo o que tem e compra a pérola.” (Evangelho de Mateus, capítulo 13, versículos 45 e 46)

Só vamos conseguir encontrar sentido no nosso emprego, nos nossos relacionamentos, só vamos encontrar sentido e significado para nossa vida quando percebemos que há algo maior para se viver. Há algo maior que Jesus chamava de Reino, algo que tem haver com a nossa decisão de mudar de vida e perceber que há outro caminho para se viver.

Há um caminho, uma vida que possui Jesus como o Senhor dela, um caminho, uma vida onde o eixo dela é Jesus e onde tudo que gira ao seu redor ganha um verdadeiro significado.

Somente encontraremos sentido para nossa vida quando caminharmos, quando nos relacionarmos com o Criador das Ondas. Isso inicia quando reconhecemos que Jesus é o único caminho para nossas vidas. Quando buscamos em primeiro lugar esse Reino e as outras coisas que fazem parte da nossa vida ganharão um sentido diferente.

Não desanime, há muitas ondas para surfarmos ainda! A decisão depende de cada um de nós.

Boas Ondas,

Por: Carlos Bezerra / Surfbeat Surfshop / Pena

Nenhum comentário:

Se liga nas notícias