quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

O pico secreto


Fala galera,

Sabe aquela sensação quando saímos de uma caída de fim de tarde?

Você sabe que não há nada mais alucinante do que fazer um surf de fim de tarde vendo o sol se por dentro do mar até começar a ficar escuro.

Quem já teve essa experiência sabe que o sentimento que temos ao sair do mar é de se sentir completo de que nada falta.

Só que esse sentimento é massa, mas a gente precisa experimentá-lo novamente. Vamos sempre estar em busca dele novamente. Em busca de mais um fim de tarde de boas ondas no nosso pico predileto.

Apesar de esses momentos serem maravilhosos, eles não alimentam para sempre na nossa alma e precisamos buscá-los novamente. Ele não preenche por completo nossa vida.

Amo surfar e quem surfa vai sempre buscar sua onda perfeita, seu fim de tarde alucinante. Faz parte da nossa vida, faz parte da nossa existência.

Só que eu queria falar pra vocês sobre algo que preenche por completo nossa vida. Sei que quem acompanha a minha coluna sabe que vou falar no Criador das Ondas.

Alguns devem perguntar: Poxa! Mas porque o Carlos fala tanto sobre isso? Porque ele sempre volta para dizer que nada é maior e melhor do que o Criador das Ondas?

Simplesmente porque é a mais pura verdade. Imagina se você encontra um pico novo. Um secret no meio da praia que você mora. Um pico de outside. Você pode até passar um tempo surfando lá sozinho, mas certamente você vai querer compartilhar com seus amigos de surf. Isso é natural. O que amamos o que gostamos acabamos por compartilhar com os amigos e com quem nos relacionamos.

Jesus, na Bíblia, compara o Reino dos Céus a várias sensações do tipo: “Um homem que coleciona pérolas e que encontra uma pérola mais preciosa. Vai e vende a coleção para poder ter aquela pérola. Ou ainda sobre o homem que encontra um tesouro num terreno e vai, vende tudo que tem para poder comprar esse terreno.

Eu ainda diria que o Reino dos Céus e semelhante a um surfista que encontra um pico secreto em uma praia deserta. Ele larga tudo que possuía na vida para viver usufruindo daquelas ondas dos sonhos.

Esse é o motivo de sempre estar buscando expressar o valor que há em viver ao lado do Criador das Ondas.

Há um salmo na bíblia, o salmo 23, que começa assim: O Senhor é meu pastor e nada me faltará.

As pessoas acabam por fazer uma leitura errada desse versículo. Elas dizem que o Senhor é o pastor delas e que nada mais vai faltar na vida. Que vão conseguir todas as coisas que desejam. Como se tivessem encontrado um gênio da lâmpada.

Esse texto fala de algo muito mais profundo. Ele diz que o Criador das Ondas nosso pastor, nosso treinador e que nada mais nos faltará porque já encontramos o que mais é importante na vida. Encontramos o Reino de Deus.

Encontrar o Criador das Ondas nos enche de sentido e de vida. Nada mais nos falta porque ele nos completa. Esse é o verdadeiro sentido do texto.

Quando decidimos caminhar com o Criador das Ondas, quando encontramos esse pico secreto na vida, tudo mais é secundário.

Todas as outras coisas possuem seu valor, mas o Criador das Ondas dá o sentido maior e verdadeiro para nossa vida. Nosso surf fica diferente, completo. Estar no mar tem um significado maior, melhor. Nosso coração passa a ter uma leitura muito mais sensível da vida.

O convite que deixo para você hoje é que busque iniciar essa caminhada com o Criador das Ondas. Ele deseja que você possa perceber que esse encontro com o pico secreto pode proporcionar muito mais sentido para tudo em sua vida.

Boas Ondas

2 comentários:

Arcanjo disse...

Gostei da interpretação do Salmos 23! Simples e fundamental! Deus abençoe!

led lights disse...

nice posting keep blogging,

Se liga nas notícias