sábado, 15 de janeiro de 2011

O que vale na vida


Fala Galera,



Se pararmos para observar, nossa vida passa pelos nossos pensamentos. Se quisermos fazer uma rápida leitura de quem somos atualmente, precisamos parar e refletir sobre quais são as nossas prioridades na vida.



O que tem martelado em sua cabeça com mais freqüência? Quais são as necessidades, sonhos e desejos que motivam você a viver e a buscar cada dia em sua vida?



Será que buscamos nos sonhos, desejos e necessidades o sentido da nossa vida?



Se isso estiver acontecendo conosco temos um problema sério a refletir. Se o desejo por uma viagem para a Austrália tem sido o que motiva e dá sentido para vivermos ou se a compra do carro novo agora no final do ano é a razão da sua felicidade eu tenho uma triste notícia para você: O sentido da sua vida vai se acabar.



Vivemos em um mundo consumista onde o comprar, o adquirir é que controla nossos impulsos. A mídia transfere a felicidade, a alegria e o sentido da vida para o novo modelo de celular, para o novo modelo de tênis ou para aquela nova marca de sorvete.



Somos induzidos a consumir e no consumo encontrar a felicidade. Isso é uma ilusão. Nada que o nosso dinheiro possa comprar tem condições de gerar felicidade em nossa vida. Podemos até curtir e sentirmos a vibe por estarmos bem financeiramente, mas pode perguntar a algum milionário se ele encontrou a felicidade no dinheiro.



Muitas vezes, nos tornamos escravos do dinheiro. Acabamos vivendo para acumular dinheiro, gerar dinheiro, consumir e adquirir bens. Perdemos-nos no meio desse processo. O dinheiro ao invés de nos servir acaba por ser o nosso senhor, o nosso dono.



Jesus, certa vez, disse para os seus seguidores que um servo não pode servir a dois donos ao mesmo tempo, pois vai rejeitar um e preferir o outro; ou será fiel a um e desprezará o outro. Ele disse que ninguém poderia servir ao Criador das Ondas e ao dinheiro. (Mateus 6:24)



A verdade é que nos preocupamos com a vida e com a possibilidade de faltar algo para nós ou nossa família. Nada errado com essa preocupação. Mas o que Jesus nos ensina é que precisamos olhar em primeiro lugar para o Criador das Ondas, pois ele, só ele, é quem está à frente de qualquer coisa em nossas vidas. Só ele pode nos dar o melhor direcionamento para viver. Só ele pode nos conduzir com sabedoria em meio às decisões da vida. Ele é o caminho, ele é a verdade, ela é a verdadeira vida.



Quando ficamos preocupados com a comida, a bebida e as outras necessidades muitas vezes tiraram os olhos de Deus e colocamos em nós. Eu vou resolver isso! Eu me garanto!



Você pode até se garantir, mas, certamente, o sentido maior para suas conquistas passa por uma vida construída lado a lado com o Criador das Ondas.



A vida é mais importante do que acumular bens. O dinheiro é para ser usado para a vida, para gerar vida. Nossa vida precisa estar estruturada ao lado de Deus, pois só ele estará conosco independente das circunstâncias que possamos vir a sofrer.



Boas Ondas

Um comentário:

Arcanjo disse...

é uma pena ver que as pessoas tem se deixado levar pela influencia da tao malefica MIDIA.

O negocio é nao se deixar contaminar... pq dpois te contaninado fica bem mais dificil se limpar dessa sujeira toda! =)

Se liga nas notícias