domingo, 17 de julho de 2011

O “poder” das palavras




Fala Galera,
Um dia desses, conversando com alguns amigos, ouvi algo do tipo: Cara, cuidado com o que você fala, pois as palavras podem mudar sua vida! Fiquei intrigado com a fala do colega. Como pode algo que se fala modificar nossa vida?
Seria nossa vida tão simples assim? Seriam nossos problemas tão fáceis de resolver que somente por falar poderíamos solucioná-los? Acredito que não. Se fosse assim, alguém que desejasse ser surfista somente precisaria dizer para si mesmo que é um grande surfista e estaria pronto o atleta. Não haveria necessidade de surfar, treinar, investir horas e mais horas da mais pura disciplina e prazer envolvidos para se formar um grande surfista.
Se realmente as palavras pudessem modificar nossa vida, era só dizer como desejaríamos que ela fosse e pronto, tudo rolaria da forma que falássemos. E da mesma forma, poderíamos detonar com a vida de alguém somente por chamá-lo de derrotado.
Acredito que a vida se desenvolva de uma forma mais alucinante do que essa forma “mágica”. Acredito que precisamos sim ter sonhos e metas a alcançar, mas necessitamos nos dedicar para que elas se concretizem. Nessa lógica de palavras com “poder” muitos ficam calados por sentir em seu coração algo que não tem haver com sucesso. Muitos, passando por momentos difíceis na vida, acabam por não compartilhar com os amigos porque “só se pode falar em coisas boas”. Claro que olhar para vida de forma pessimista não é uma boa prática.  A vida é bela e precisamos perceber que mesmo nos momentos difíceis temos a oportunidade de aprender e crescer.
E o que faz a diferença nesse desafio de se viver? A diferença está na companhia que você leva para a próxima bateria que vamos realizar. Se vamos encarar nossos desafios por nossa própria força e conta, certamente nos depararemos com uma sensação de impotência e fragilidade em muitos momentos. Somos falhos e encarar a vida por nossa própria conta e risco é muito duro.
O Criador das Ondas nos convidou desde o início da nossa vida a uma caminhada ao seu lado. É essa caminhada que nos dá o sentido mais completo que a vida possui. Quando não encaramos essa caminhada ao seu lado, quando não buscamos conhecê-lo para viver, a nossa vida se torna algo sem um sentido completo maior. Ficamos sem referencial quando os problemas batem a porta, as forças não encontram razão para se renovarem de forma real quando não possuímos sintonia com a fonte que nos criou.
Como pode o Criador da vida e de tudo que há possuir menos poder do que as palavras proferidas por uma pessoa, um ser criadro por Ele? Como pode a pessoa que possui a sensibilidade de perceber o Criador na sua vida se sentir coagido por palavras que não podem ser ditas e que podem amaldiçoar nossa vida?
A Palavra de Deus diz que não há nenhuma condenação para aqueles que caminham com Jesus, com o Criador das Ondas. Essa sim é a mais pura verdade!
O recado que deixo para você hoje é: Não seja refém do que os outros dizem. Busque na Bíblia e em Jesus o sentido para sua vida. Você é livre se caminha com o Criador das Ondas! Cuidado com as interpretações que são feitas da Palavra de Deus. Não há nada que possa se dito ou proferido por ninguém que estrague essa sintonia que há entre você e Jesus. Mantenha-se nele, pois Ele é o Caminho, Ele é a Verdade e a Vida que precisamos ter.

Boas Ondas

3 comentários:

Mêlany Verissimo disse...

SHALOM
Olá... estava surfando por ai na internet, e achei seu blog. gostei mto!
bençao puraaaaaaa

passarei por aqui quando der...

hugs!
melanyverissimo.blogspot.com

Nathy Costa disse...

http://paraneura.blogspot.com/, meu blog da uma olhada tb!
o seu é muito bom

reflexão disse...

Eu quero um milhão de dolares, Eu quero um milhão de dolares, Eu quero um milhão de dolares, Eu quero um milhão de dolares. E quero que some tudo e multiplique por Eu quero um milhão de dolares. Falei muito e não aconteceu! E se a palavra tivesse tanto poder assim para que existir hospital, pois eu posso falar, não tenho tão doença e esta desapareceria. E vemos que isso não acontece. Realmente temos que buscar conhecimento no que lemos e nas experiências de vida. Ser refém dos pensamentos dos outros não é uma decisão sábia. E na verdade o pensamento ou palavras dos outros não tem efeito sobre o próximo. Só terá quando esta decisão for aceita. Mas, o que devemos fazer é contribuir para o sucesso dos outros. E isto é uma decisão sábia!

Se liga nas notícias